Brasileiro de Motocross faz história com rodada dupla em Interlagos (SP)

14/06/2024


Largada Categoria Elite - Foto: Mateus Pereira

 

Campeonato Brasileiro de Motocross faz história com rodada dupla em Interlagos

Prova foi válida pelas 5ª e 6ª etapas da temporada, e disputada entre os dias 6 e 9 de junho

 

A 5ª e 6ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross realizadas em uma pista especialmente construída no interior do Autódromo de Interlagos, em São Paulo, entre os dias 6 e 9 de junho, marcaram um capítulo inesquecível na história do esporte. O evento reuniu 604 pilotos de todo o país, além de vários pilotos internacionais, proporcionando um espetáculo emocionante para os entusiastas do motocross.

 

A programação começou na quinta-feira com os treinos livres, preparando o terreno para as disputas que viriam a seguir. Às 14h35, foram realizadas as provas classificatórias, um aquecimento crucial que deu um gostinho do que estava por vir. A primeira prova oficial do dia, da categoria Nacional, teve início às 16h00 e consagrou Junior Tayt-Sohn como o grande vencedor, destacando-se pela sua performance técnica e agressividade na pista.

 

Resultado MX Nacional – 5ª Etapa
1º - Junior Tayt-Sohn
2º - Anderson Amaral
3º - Peterson Filho
4º - Gustavo Rodrigues
5º - Ricardo Carneiro

 

Ismael Rojas acabou machucando a mão na prova classificatória e essa lesão acabou impossibilitando o piloto de conseguir um melhor resultado, mas a boa pontuação do piloto ainda o manteve na liderança do campeonato.

 

A sexta-feira começou com os treinos livres e cronometrados à partir das 8h da manhã. Os pilotos aproveitavam cada minuto para ajustar suas máquinas e estratégias para as provas decisivas. Às 10h35, entraram na pista os pilotos da categoria MX2JR e na sequência a YZ125cc válida pelo Campeonato Latino.

 


Vitor Borba - Foto: Mateus Pereira

 

Pela MX2JR quem garantiu o espetáculo foi o piloto Vitor Borba da equipe Honda Racing que venceu a prova com maestria, seguido por Pietro Piroli, vice-líder do Campeonato.

 

Resultado MX2JR – 5ª Etapa
1º - Vitor Borba- 174 pontos
2º - Pietro Piroli – 135 pontos
3º - Arthur Gomes – 129 pontos
4º - Inaki Parada – 23 pontos
5º - Gabriel Bilhar – 53 pontos

 


Pódio da 1ª Corrida do Latino-americano YZ125 - Foto: Ney Evangelista

 

Os pilotos que disputavam o Campeonato Latino-americano da YZ125cc entraram na pista logo na sequência. Vasko Durand foi o grande vencedor, mostrando domínio, conhecimento e destreza em cima de sua Yamaha e faturando a prova válida pelo Campeonato Latino Americano de Motocross YZ125cc Blu Cru.

 

Resultado YZ125cc - Campeonato Latino Americano
1º - Vasko Durand
2º - Juan Felipe Garcia
3º - Kauã Vieira
4º - Gustavo Torres
5º - Rodrigo Rene

 

Na sequência foi a vez da categoria MX2 entrar na pista, e a novidade do final de semana foi a participação do piloto Enzo Lopes, que esteve em Interlagos disputando e apimentando as provas do final de semana.

 

Os olhares estavam voltados para Enzo e o público ovacionava o piloto e vibrava com cada manobra, porém, o piloto acabou enfrentando problemas nesta primeira corrida e não completou a prova.

 

O show então ficou por conta de Bernardo Tibúrcio e Vitor Borba, ambos colegas na equipe Honda Racing. E quem levou a melhor foi Bernardo, que venceu a prova e diminuiu sua diferença na classificação geral do Campeonato.

 


Bernado Tibúrcio - Foto: Ney Evangelista

 

 

Outros dois pilotos que surpreenderam em Interlagos, foram os goianos Marcello Leodorico e Luiz Filipe, pilotos que possuem uma forte pilotagem e que estavam na busca por bons resultados. Nesta prova, os pilotos firam 3º e 5º, respectivamente.

 

Resultado MX2 – 1ª bateria – 5ª Etapa
1º - Bernardo Tibúrcio
2º - Vitor Borba
3º - Marcello Leodorico
4º - Eric Tomas
5º - Luis Felipe

 

A categoria MXJR entrou logo na sequência, e quem faturou a prova foi o piloto Caio Grosbelli seguido de Pablo Galdino. Com o resultado, Caio está 2 pontos à frente de Pablo na classificação do Campeonato.

 

Resultado MXJR
1º - Caio Grosbell  - 150 pontos
2º - Pablo Galdino – 148 ponto
3º - Francesco Copetti – 103 pontos
4º - Vitinho Rocha – 91 pontos
5º - Enzo Fialho – 99 pontos

 

Para encerrar o Campeonato Latino-americano Suhai YZ125 CUP, os pilotos entraram novamente na pista para a segunda e última prova para decidir o campeão. E desta vez quem subiu ao lugar mais alto do pódio foi o piloto Juan Felipe, seguido de Vasko Durand.  Com esse resultado, os dois pilotos acabaram empatados na soma das duas corridas, mas pelo critério de desempate, Juan Felipe foi o grande Campeão Latino-americano Suhai YZ125 CUP 2024.

 

Resultado da prova
1º - Juan Felipe
2º - Vasko Durand
3º - Gustavo Torres
4º - Anderson Llumigusin
5º Marco Carranza

 


Pódio Latino-americano Suhai YZ125 Cup - Rodrigo Junior


Classificação Final Campeonato Latino-americano Suhai YZ125
1º - Juan Felipe
2º - Vasko Durand
3º - Gustavo Torres
4º - Anderson Llumigusin
5º - Rodrigo Rene

 

A última prova oficial do dia foi da categoria MX1, que entrou na pista levando o público ao delírio com manobras ousadas e disputas acirradas. A disputa era grande entre os pilotos Yamaha e Honda, com Fábio Santos e Paulo Alberto defendendo o time azul e o francês Stephen Rubini defendendo o time vermelho, porém uma forte queda custou a segunda posição da prova para Stephen. O piloto abandou a prova sentindo muita dor no ombro e deixando a dúvida se conseguiria retornar ou não para as disputas de sábado e domingo. Enquanto isso, o atual campeão Fábio Santos, acelerou forte para se manter em primeiro na prova e diminuir a diferença na pontuação em relação ao primeiro colocado do campeonato, enquanto Paulo Alberto enfrentou problemas com o guia de corrente da sua moto e perdeu muitas posições.

 

Dudu Lima emocionou a todos ao finalizar a prova com a terceira posição, mostrando toda sua garra e dedicação, levando a equipe 595 bLU cRU Racing ao pódio.

 

Resultado MX1 – 1ª Bateria – 5ª Etapa
1º - Fábio Santos
2º - Miro Sihvonen
3º - Dudu Lima – 126 pontos
4º - Carlos Campano
5º - Gabi Andrigo

 


Fábio Santos - Foto: Rodrigo Junior

 

Após as provas oficiais ainda tivemos os treinos para mais três categorias (65cc, MXF e 50cc). Estes dois dias de provas mostraram o alto nível e a competência dos pilotos levando o público ao delírio com manobras e disputas de tirar o folego. Apesar das grandes emoções do dia, ainda restavam as provas do sábado e do domingo, e muita coisa ainda estava por vir, com disputas, superação e muita emoção.

 

Érica Roman Testa
Assessora de Imprensa - Brasileiro de Motocross

 

 

Voltar