Disputas entre jovens pilotos dão o tom no Campeonato Brasileiro de Motocross

26/09/2020

 

Bernardo Tiburcio foi o vencedor na categoria 65cc - Foto: Tiago Lopes / CBM

 

O Sol reinou durante todo o sábado (26) em Penha (SC), onde acontece a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, organizado pela Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). Mas quem brilhou de verdade foram os pilotos das categorias 50cc, 65cc e MX2 JR, que correram sem medo do calor e da alta temperatura na pista do Kartódromo Internacional Beto Carrero. 

 

A prova deste sábado começou com atraso, porém o empenho dos atletas compensou a demora no início das disputas. Abrindo as provas oficiais, a categoria 65cc já deu uma mostra de que essa fase do Brasileiro de Motocross não vai ser fácil para ninguém. 

 

A pista difícil e bastante técnica derrubou alguns pilotos ao longo da corrida, que registrou ainda seis punições, sendo cinco por ajuda externa e uma para o piloto que saltou em bandeira amarela. 

 

O pódio da 65cc ficou da seguinte forma: 

 

1 - Bernardo Tiburcio (#1) - 21min04s

2 - Kevyn de Pinho (#52) - 21min36s

3 - Kauã de Souza (#74) - 22min23s

4 - Pedro Cirino (#81) - 22min41s

5 - Caio Grosbelli (#38) - 22min46s

 

Gabi Andrigo chegou ao topo do pódio da MX2 JR após uma emocionante ultrapassagem - Foto: Tiago Lopes / CBM

 

Na MX2 JR, uma disputa de qualidade e muito emocionante. Apesar da boa largada, Athalo Brito foi deixado para trás por Henrique Henicka, que abriu larga vantagem. Mas, depois da metade da prova, Gabriel Andrigo assumiu a dianteira, depois de uma ultrapassagem por dentro que tirou o fôlego de quem acompanhou a prova pelo canal oficial da CBM no YouTube. 

 

A bateria da MX2 JR teve ainda uma batalha pelo terceiro lugar e um choque leve entre os pilotos Biel Mielke e Guilherme Bresolin, que acabou definindo o pódio na seguinte configuração: 

 

1 - Gabi Andrigo (#10) - 24min33s 

2 - Henrique Henicka (#202) - 24min46s

3 - Athalo Brito (#182) - 24min53s

4 - Biel Mielke (#102) - 24min55s

5 - Guilherme Bresolin (#109) - 25min26s

 

E na finalização do segundo dia de Campeonato Brasileiro de Motocross, a categoria 50 cc mostrou que está focada no resultado. A pista para os pilotos mais jovens da competição tem um corte que reduz sua extensão, mas que não diminuiu a potência da corrida. 

 

Luanna Neves começou bem, mas já na reta do pit lane, no início do trecho, foi deixada em segundo lugar por Zion Berchtold. O piloto com numeral 7 manteve a primeira posição durante toda a prova e sagrou-se vencedor. 

 

 

Prova da categoria 50cc foi dominada pelo piloto Zion Berchtold - Foto: Tiago Lopes / CBM

 

 

Veja como ficaram os cinco primeiros lugares da categoria 50cc: 

 

1 - Zion Berchtold (#7) - 17min48s

2 - Luanna Neves (#19) - 18min42s

3 - Victor Hugo “Vitinho” Vale (#2) - 18min52s

4 - Lucas Valar (#32) - 19min1s

5 - Guilherme Buozi (#274)

 

Terceiro dia

 

O domingo encerra a agenda da primeira etapa do Brasileiro de Motocross 2020, mas nem vai dar pra sentir saudades, pois a segunda fase acontece já no próximo final de semana, também na pista do Kartódromo Internacional Beto Carrero. 

 

Amanhã (27) é o dia das categorias mais disputadas, correndo a partir das 10h10 com a MXF, e seguindo a programação com MX2, MX1, MX JR e MX 3. Ainda haverá prova da Elite-MX, que reúne os melhores pilotos das categorias MX1 e MX2. 

 

Acompanhe tudo pelo canal oficial da CBM no YouTube e pelas redes sociais da Confederação Brasileira de Motociclismo.

 

Voltar