Exemplo: CSS Dropdown menu sem JavaScript ou hacks
Visualizar Noticia

Presidente da CBM fala sobre expectativa para temporada 2018 do BRMX

13/03/2018

Há duas semanas da principal competição do motociclismo esportivo, Brasileiro de Motocross, o presidente da CBM, Firmo Alves, falou sobre as expectativas para a temporada 2018 e o que a instituição tem feito e pretende realizar para fortalecer o esporte no país.O presidente já confirmou a presença no BRMX que será realizado nos dias 24 e 25 de março. A expectativa é que aproximadamente 300 pilotos devem acelerar na pista do município de Cornélio Procópio-PR. A estimativa é que cerca de 20 mil pessoas acompanhem a primeira etapa do BRMX.

O BRMX é realizado nas versões MX Pró, que conta com as classes Elite-MX, MX1, MX2, MX2JR, MXJR e MX3, e também na versão amadora MX 2018, que incentiva a competitividade e participação de novos pilotos através das classes 50cc, 65cc, 230cc, MXF, MX4 e MX5. 

O campeonato Brasileiro de Motocross é supervisionado e realizado pela CBM e tem o patrocínio da Erbs baterias, Rinaldi Pneus, Honda, Yamaha e IMS Racing.

 

Em comparação a temporada passada do BRMX quais as melhorias que você achou que foram necessárias para este ano?

Mesmo passando por uma grande crise nacional, o mais importante foi mantermos o Campeonato acontecendo. Aumentamos a quantidade de etapas, com isso, o Campeonato ficará mais emocionante e mais disputado, além de conseguirmos estar presentes em mais regiões e ter um maior de público prestigiando o esporte.

Pelo regulamento todos os pilotos que pretendem competir um campeonato homologado pela CBM devem ter a licença do piloto, mas as classes 50cc e 65cc foram isentadas. Porquê?

Sem renovação não existirá o Campeonato no futuro e essa atitude é para incentivar os que estão começando e mostrar que mesmo diante da crise, a CBM quer incentivar o esporte.

A categoria Elite MX foi inserida este ano no BRMX. Qual a intenção desta nova classe?

Criamos a categoria Elite para dar uma nova e grande emoção para o campeonato e para os que acompanham, proporcionar um maior espetáculo para os amantes do esporte e uma maior disputa entre os pilotos. Colocar os pilotos da MX2 andando juntos com os da MX1 irá prepara-los para o futuro com mais técnica e experiência.

Como a instituição pretende atuar para melhorar a qualidade dos campeonatos?

Trabalhar de forma unida com as Federações estaduais para a melhoria técnica da qualidade dos eventos regionais e também fazer com que os nossos eventos, sejam ainda mais organizados.

O que a instituição tem feito para aumentar o número de mulheres no esporte?

Mesmo com um número baixo de participantes, temos a preocupação com a categoria feminina, e sempre iremos manter essa categoria, mantendo o foco dessas participações em nossas melhores provas.

Hoje quem deseja se tornar um piloto profissional, o que precisa fazer?

Embora não exista uma regra específica para se tornar um piloto profissional, sabemos que é preciso perseverança nos treinos, para que a medida em que os atletas forem participando de competições reconhecidas pela CBM ele possa alcançar bons resultados e se tornar um vencedor.

Hoje para pilotos que pretendem competir apenas etapas esporádicas de campeonatos brasileiros podem emitir uma licença temporária. Como vai funcionar esta licença e onde será emitida?

Até os dias de hoje, mesmo que o piloto quisesse ou pudesse participar apenas de uma etapa, ele teria que tirar uma licença nacional, a partir de agora, ele poderá obter uma licença temporária para apenas aquela prova com um custo bastante acessível. Isso acaba incentivando o piloto e atraindo o mesmo para os nossos eventos.

Sabemos que das 15 modalidades homologadas pela CBM, o Motocross, Enduro e Rali são as que mais apresentam expressividade e reconhecimento do público em geral. Como a instituição pretende fortalecer as demais e que ações o senhor acredita que devem ser feitas em conjunto com as federações para que isso aconteça?

Estamos subsidiando as modalidades menores em nosso País, exatamente com esse propósito do incentivo e o crescimento das mesmas.

 

 

Voltar